Registro no CREA da Especialização Engenharia Segurança do Trabalho da Faculdade Pitágoras de Teixeira de Freitas

Agora em Setembro de 2017, começa a  Especialização em ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO  na Faculdade Pitágoras de Teixeira de Freitas – BA.

O curso já tem registro no CREA trazendo benefícios extras aos ingressantes em termos profissionais!!

Em geral os cursos de especialização não são registrados no CREA, mas a Faculdade Pitágoras de Teixeira de Freitas – BA procurou fazer melhor e criou um ponte direta para que os profissionais sejam plenamente reconhecidos.

O Professor e Doutor Daniel Barcellos,  será o coordenador desta primeira turma de futuros especialistas.

Queremos destacar que uma Pós-Graduação traz inúmeros benefícios:

  • Garantia de crescimento profissional
  • Maior remuneração (salários de quem faz Pós-Graduação podem aumentar em até 70% – Pesquisa Salarial e de Benefícios da Catho Online, 2013) e
  • Ampliação de seus conhecimentos técnicos, que o aproxima da realidade do mercado.

Para quem foi preparado o curso de Engenharia do Segurança do Trabalho?

O curso de ENGENHARIA DE SEGURANÇA NO TRABALHO foi preparado para qualificar ainda mais profissionais de nível superior que atuam nas áreas de Engenharia, Arquitetura, Agronomia, Geologia e outras áreas vinculadas ao Sistema CREA-CONFEA.

  • É formado em uma graduação?
  • Quer atuar e expandir sua base de conhecimento?
  • Quer atuar na área de segurança?

Então venha fazer esta Pós gradução em engenharia de Segurança do Trabalho!!!

AUMENTE RAPIDAMENTE SEUS GANHOS PESSOAIS
Sempre afirmo aos meus alunos que a forma mais rápida de aumentar os ganhos pessoais é se tornando um PERITO… e perícia envolve ESPECIALIZAÇÃO. Fazer uma pós-graduação te torna um especialista, o que traz excelentes resultados! Daniel Barcellos

O que pode fazer um especialista em engenharia de segurança do trabalho?

O campo de atuação do Engenheiro de Segurança do Trabalho contempla inúmeras áreas como:

  • Assessoria a empresas,
  • Inspeção de estabelecimentos,
  • Execução de campanhas educativas,
  • Adaptação de recursos técnicos e humanos,
  • Aplicação de dispositivos de segurança, entre outras atividades.

Além do bem estar do ser humano as habilidades aprendidas buscam reduzir perdas e danos aos equipamentos, instalações e ao meio ambiente.

Quais são as disciplinas oferecidas e a carga horária do curso?

O curso tem a carga horária de mais de  600 horas sendo as seguintes disciplinas oferecidas:

  • Introdução a Engenharia de Segurança do Trabalho
  • Administração Aplicada a Engenharia de Segurança
  • Ergonomia
  • Gerência de Riscos
  • Higiene do Trabalho: Temperatura Extremas, Pressões Anormais (Baixas e Elevadas) e Iluminância
  • Higiene do Trabalho: Agentes Químicos e Biológicos
  • Higiene do Trabalho: Ventilação e Radiações (Ionizantes e Não Ionizantes)
  • Higiene do Trabalho: Ruído e Vibrações
  • Legislação e Normas Técnicas
  • O Ambiente e as Doenças do Trabalho
  • Prevenção e Controle de Riscos em Máquinas, Equipamentos e Instalações: Segurança em Caldeiras, Vasos de Pressão, Tubulações e Espaços Confinados
  • Prevenção e Controle de Riscos em Máquinas, equipamentos e Instalações: Segurança em Trabalhos com Eletricidade e Proteção de Máquinas e Equipamentos
  • Prevenção e Controle de Riscos em Máquinas, Equipamentos e Instalações: Segurança na Construção Civil e Trabalho em Altura
  • Proteção Contra Incêndio e Explosões
  • Proteção do Meio Ambiente
  • Psicologia na Engenharia de Segurança, Comunicação e Treinamento
  • Laudos e Perícias de Engenharia
  • Planificação de Emergência e Atendimento de Catástrofes
  • Metodologia da Pesquisa Científica
  • Trabalho de Conclusão de Curso

Local do curso

PITÁGORAS DE TEIXEIRA DE FREITAS
Avenida Juscelino Kubitschek 300 – Br 101 KM 879,4  – TEIXEIRA DE FREITAS/BA
Telefone: (73) 3011-8302

Datas e horários

Quinzenalmente aos sábados das 08:00 as 18:00 horas

Tempo do Curso

Apenas 14 meses

Forma de Pagamento e Descontos

Consulte os valores no site oficial da instituição clicando aqui.

Geralmente os cursos tem 10% de desconto no pagamento à vista (exceto no valor da inscrição no caso dos cursos presenciais e semipresenciais).

Existem descontos especiais para ex-alunos da Faculdade Pitágoras, então fique atento a esta oportunidade.

EXISTEM ALGUMAS VAGAS COM DESCONTOS ESPECIAIS!!! LIGUE AGORA

Ligue agora na unidade no número (73) 3011-8302 e converse com a Lucélia Salomão ou Camila Soares para saber dos descontos incríveis que você pode ter. Você pode também  conversar com o consultor comercial Felipe via whatsapp no (73) 98102-3987 (operadora vivo).

QUERO SABER MAIS DA PÓS-GRADUAÇÃO AGORA!!!
PREENCHA OS DADOS ABAIXO QUE ENTRAREMOS EM CONTATO COM VOCÊ PARA TIRAR TODAS SUAS DÚVIDAS

Mini Curso Produção de Carvão Ecológico no IV ENCOTEC

No IV ENCONTEC realizado no município de Teixeira de Freitas acontecerá o mini-curso PRODUÇÃO DE CARVÃO ECOLÓGICO com 04 horas de duração.

O curso será ministrado pelo Dr. em Ciência Florestal Daniel Camara Barcellos no sábado dia 16 de setembro de 2016 entre as 07:30-11:30 da manhã no IF Bahiano.

Para saber mais leia abaixo sobre o evento e os cursos lecionados

Apresentação

O Instituto Federal Baiano, realizará nos dias 15  e 16 de setembro de 2017 o IV Encontro de
Técnicos e Produtores Rurais (IV ENCONTEC) com o tema “Agricultura, Pecuária e Florestas:
Integração e Desenvolvimento”, abrangendo os municípios do Extremo Sul da Bahia.

Objetivo:

Proporcionar capacitação aos produtores rurais da região, técnicos e estudantes das áreas agrárias, difundindo conhecimentos técnicos e, ao mesmo tempo, fortalecendo o papel do IF Baiano junto aos arranjos produtivos, sociais e culturais do Extremo Sul da Bahia.

Clique aqui para baixar a programação completa do evento em PDF

IV-ENCONTEC-PROGRAMAÇÃO (1)

 

 

Configuração de Fontes

H1 – Titulo 1

Design é um termo da língua inglesa que se refere a um determinado esforço criativo, seja bidimensional ou tridimensional, segundo o qual se projetam objetos ou meios de comunicação diversos para o uso humano.

Devido à dificuldade de tradução, costuma-se adotar nos países de língua portuguesa a palavra original, de forma que o profissional que trabalha na área de design é chamado designer.

H2 – Título 2

Design é um termo da língua inglesa que se refere a um determinado esforço criativo, seja bidimensional ou tridimensional, segundo o qual se projetam objetos ou meios de comunicação diversos para o uso humano.

Devido à dificuldade de tradução, costuma-se adotar nos países de língua portuguesa a palavra original, de forma que o profissional que trabalha na área de design é chamado designer.

H3 – Titulo 3

Design é um termo da língua inglesa que se refere a um determinado esforço criativo, seja bidimensional ou tridimensional, segundo o qual se projetam objetos ou meios de comunicação diversos para o uso humano.

Devido à dificuldade de tradução, costuma-se adotar nos países de língua portuguesa a palavra original, de forma que o profissional que trabalha na área de design é chamado designer.

H4 – Título 4

Design é um termo da língua inglesa que se refere a um determinado esforço criativo, seja bidimensional ou tridimensional, segundo o qual se projetam objetos ou meios de comunicação diversos para o uso humano.

Devido à dificuldade de tradução, costuma-se adotar nos países de língua portuguesa a palavra original, de forma que o profissional que trabalha na área de design é chamado designer.

H5 – Título 5

Design é um termo da língua inglesa que se refere a um determinado esforço criativo, seja bidimensional ou tridimensional, segundo o qual se projetam objetos ou meios de comunicação diversos para o uso humano.

Devido à dificuldade de tradução, costuma-se adotar nos países de língua portuguesa a palavra original, de forma que o profissional que trabalha na área de design é chamado designer.

Presente de Natal – Módulo Completo de Aulas da Carvoaria Perfeita

Acesse as Aulas Agora

Preencha o cadastro abaixo (Se ainda não for cadastrado no Meu Negócio Florestal) para acessar gratuitamente as aulas

Assinante Carvão

Clique aqui para fazer o seu login (Se já estiver cadastrado no Meu Negócio Florestal)

Módulo: Os 08 erros comuns ao implantar uma carvoaria ecológica (com queimador de fumaça)

OBS – Para poder ver as vídeos aulas é necessário estar cadastrado e logado.

Aulas

Curso Consultor de Sucesso em 04 pilares chaves – Programação

O que faz um consultor de sucesso? Selecione abaixo a aula publicada

 

 

IV Fórum de Carvão Vegetal

  1. Sobre o Fórum de Carvão Vegetal
  2. Sobre a coordenação do Fórum de Carvão Vegetal
  3. A importância do Fórum de Carvão Vegetal
  4. Trabalhos no Fórum de Carvão Vegetal
  5. Programação do Fórum de Carvão Vegetal
  6. Objetivos do Fórum de Carvão Vegetal
  7. Público do Fórum de Carvão Vegetal

Sobre o Fórum de Carvão Vegetal

Fórum de Carvão Vegetal

O IV Fórum Nacional sobre Carvão Vegetal & I Seminário de Energia da Biomassa Florestal será realizado nos dias 08 a 09 de novembro de 2016.

O evento acontecerá no município de Belo Horizonte/MG sendo promovido pela SIF – Sociedade Investigações Florestais.

Inscrições: As inscrições do IV Fórum Nacional sobre Carvão Vegetal & I Seminário de Energia da Biomassa Florestal devem ser realizadas na página oficial do evento.

O evento acontecerá no CREA MG na Av. Álvares Cabral, 1600 – Santo Agostinho, Belo Horizonte – MG, 30170-917

Coordenação e temas do IV Fórum sobre carvão vegetal

Seminário de Energia de Biomassa Florestal

Coordenado pela professora Angélica de Cássia Carneiro, UFV o evento vai debater temas como:

A SIF tem divulgado o evento ativamente na busca da melhoria da produção de carvão.

A importância do IV Fórum sobre Carvão Vegetal

Tecnologias de Produção de carvão vegetal

A utilização dos biocombustíveis e em especial o carvão vegetal no estados produtores tem sido acompanhada de discussões sobre a sustentabilidade e a viabilidade financeira das cadeias produtivas.

Esta tendência, baseada numa política nacional, decorre da necessidade de reduzir os custos com energia, diminuir as emissões de gases nocivos ao meio ambiente, em detrimento a redução do consumo de combustíveis não renováveis e o carvão tem um grande papel nacional.

No setor de florestas plantadas existe um grande potencial de geração de energia não só de resíduos de madeira, mas também de florestas plantadas dedicadas para geração de energia incluindo a cadeia produtiva do carvão vegetal.

Considerando a utilização mais eficiente de parte dos 170 milhões de hectares de pastagens extensivas e subutilizadas no Brasil, mais de 130GW – mais do que toda a capacidade elétrica instalada no Brasil – poderiam ser provenientes de florestas plantadas de forma sustentável e estudos recentes apresentam o potencial da cogeração no segmento de carvão vegetal.

Nesta condição poderia colocar o Brasil em destaque na geração de energia térmica e elétrica e o segmento de carvão vegetal pode participar ativamente disto.

Sobre os trabalhos a serem apresentados

Submissão de Trabalhos: O participante que deseja apresentar trabalhos durante o IV Fórum Nacional sobre Carvão Vegetal, bem como ter publicado os mesmos, deve se orientar pelas normas disponíveis site do evento. Os trabalhos serão avaliados pela Comissão Científica e deverão estar relacionados as seguintes Áreas Temáticas:

  • Mercado & Economia;
  • Matéria-prima;
  • Processos;
  • Conversões termoquímicas e bioquímicas;
  • Tecnologia e Inovação;
  • Sustentabilidade

Data limite para recebimento de resumos: 10/09/2016

————————————————————————————

Programação preliminar do Fórum de Carvão Vegetal

Dia 08 de novembro

07:00h – Credenciamento e entrega de material
08:30h – Solenidade de abertura
Painel 1
09:00h – Biomassa florestal para geração de energia elétrica: Participação e oportunidade nos Leilões da ANEEL
09:30h – Presente e futuro da produção nacional de carvão vegetal
10:00h – Café com relacionamento
10:30h – Mercado de pellets no Brasil: Perspectivas e desafios
11:00h – Debates
12:00h – Intervalo para Almoço
Painel 2
14:00h – Secagem de cavacos em escala industrial para geração de energia
14:30h – Inovações tecnológicas e desafios do transporte da biomassa florestal para energia
15:00h – Aspectos práticos e econômicos da geração de energia a partir da madeira e derivados
15:30h – Café com relacionamento
16:00h – Tratamento térmico da biomassa para energia: Processo de torrefação
16:30h – Geração de energia elétrica a partir de resíduos agroindustriais e florestais
17:00h – Cogeração de energia elétrica
17:30h – Debates

Dia 09 de novembro

Painel 3
08:30h – Processo integrado de produção de carvão e alcatrão vegetal
09:00h – Secagem da madeira em tora para produção de carvão vegetal
09:30h – Café com relacionamento
10:00h – Medidores portáteis de umidade e densidade: Biomassa granular e madeira em tora
10:30h – Medidas para minimizar a geração de finos de carvão vegetal: Causas e consequências – experiências do Grupo G6
11:00h – Inovações tecnológicas dos sistemas de gerenciamento e controle da carbonização da madeira
11:30h – Debates
12:00h – Intervalo para Almoço
Painel 4
14:00h – Estado da arte da queima dos gases da carbonização no Brasil: Situação atual e perspectivas
14:30h – Produção e mercado de bio-óleto: Desafios e oportunidades
15:00h – Café com relacionamento
15:30h – Sistemas alternativas de produção de carvão vegetal em pequena e média escala
16:00h – Inovações tecnológicas da produção de carvão vegetal: Desafios e perspectivas
16:30h – Política de meio ambiente de MG para a cadeia produtiva e carvão vegetal
17:00h – Debates
17:30h – Mesa redonda: Pesquisadores, consultores, industriais, produtores e governo

Objetivo do Fórum de carvão vegetal

Cadeia produtiva do carvão vegetal

  • Promover o desenvolvimento e gestão da cadeia produtiva de florestas energéticas, incentivando a busca de novos conceitos e tecnologias , gerando informações e conhecimentos sobre este segmento, bem como a sua importância na produção de energia da biomassa florestal;
  • Oportunizar o encontro de dirigentes técnicos, empresários, pesquisadores, produtores e demais profissionais dos setores, para contatos comerciais e troca de informações e de experiências;
  • Divulgar novas tecnologias, processos e procedimentos de interesse para o desenvolvimento, integração e inovação dos diferentes elos das cadeias produtivas e ainda promover o estimulo ao uso das energias renováveis;
  • Estimular a aplicação de novas tecnologias como fontes alternativas de energia da biomassa florestal.

Público de Interesse

  • Empresários e técnicos de empresas;
  • Professores universitários;
  • Pesquisadores e profissionais da área;
  • Técnicos de órgãos governamentais;
  • Fornecedores de equipamentos e serviços;
  • Estudantes de graduação em ciências florestais;
  • Estudantes de pós-graduação em ciências florestais.

Sucesso Gold Pendente

Muito Obrigado!

Estamos aguardando a finalização do seu pagamento. 🙂

Mas estaremos liberando antecipadamente seu acesso antes da confirmação, basta preencher o formulário abaixo e usufruir de todo o conteúdo.

Preencha mais uma vez seus dados, para acessar agora!
Assinante GOLD